Empreender é muito mais do que apenas aproveitar oportunidades. É preciso cavá-las e encontrar o caminho para resultados de sucesso. É assim que a CEO Alessandra Brandão tem se destacado no mundo dos negócios, desde os 12 anos quando teve a primeira empresa familiar e de lá pra cá não parou mais. Nesse dia 8 de março, Dia da Mulher, vale destacar sua atuação no mundo dos negócios e sua veia empreendedora.

Hoje parceira número 1 do grupo Trevisan, como representante de um grupo de universidades, o maior do setor privado na Europa, ela chega a América do Sul com o pé direito, depois de conquistar espaço em Londres, Oxford, Manchester, Birmingham, Toronto, Vancouver, Hannover, Berlin, Iserlohn e Dublin; além de hubs de educação localizados em várias cidades pelo mundo para blended courses (online + presenciais) e escritórios em mais de 30 localizações pelo mundo.
“Eu estava na praia, li uma nota que dizia do interesse da Trevisan em firmar parceria internacional e não tive dúvidas. Falei de CEO para CEO e firmamos parceria. Os alunos da Trevisan passarão a ter a oportunidade de qualificação e diploma internacional com o nosso know-how junto com a graduação normal”.

Alessandra ressalta alguns diferenciais do pool de faculdades que ela representa, como programas com foco na carreira, que podem ser customizados e adaptados de acordo com as necessidades do estudante, e um network de empresas globais que já estão acostumadas a contratar estudantes de suas instituições. “Mais de 80% de estudantes pós-graduados pelas nossas instituições estão hoje no mercado de trabalho e mais de 70% deles possuem um contrato de trabalho vigente antes mesmo de terminar o curso”, ressalta.

“Transformar vidas, fazer a diferença no mundo. É nisso que eu acredito e o dinheiro é consequência natural do sucesso. Eu vibro quando vejo alguém conquistando um emprego melhor. A realização do outro que faz com que eu empreenda, crie novos projetos e desenvolva minha carreira, porque o segredo pra mim é buscar sabedoria e compartilhar conhecimento”, afirma Alessandra.

Conselho para empreender: a persistência, perseverança pois quem não desiste é quem colhe os melhores frutos. “E o empreendedorismo feminino dá mais certo ainda quando a mulher aprende a empreender com ela mesma, não só pensar na família ou na carreira mas no seu bem estar pessoal, isso faz a diferença”.

DEIXE UMA RESPOSTA

*

code