O novo esportivo com motor traseiro da marca italiana que representa a mais alta expressão da clássica Berlinetta de dois lugares. A novidade substitui a 488 GTB e traz melhorias em vários aspectos, além de maior controle e mais conforto.Seu nome é uma homenagem ao layout tradicional do modelo e ao motor que o alimenta – um motor traseiro 3.9 V8 biturbo de 720 cv a 8.000 rpm e 78,5 kgfm a 3.250. É o V8 mais poderoso já utilizado pelos carros de produção da escuderia. O F8 vai aos 100 km/h em apenas 2,9 segundos. Para chegar aos 200 km/h, precisa só de 7,8 segundos. Já a velocidade máxima é de 340 km/h.
Esse mesmo 3.9 já havia levado o prêmio de melhor motor internacional pela mídia especializada em 2016, 2017 e 2018. Além de ter também sido considerado o melhor motor das últimas duas décadas. A marca não divulga qual a caixa de transmissão utilizada, mas se adotar a mesma do 488 GTB será uma automática de sete marchas com tração traseira.

DEIXE UMA RESPOSTA

*

code