Lembra-se da Maybach, a divisão de carros de alto luxo da Mercedes-Benz? E de Muammar Gaddafi, ex-ditador da Líbia? Então, é a sua oportunidade de adquirir um luxuoso bem  que pertenceu ao autocrata africano: um cupê 57S. O veículo está sendo anunciado por uma empresa holandesa, por € 961.950 (valor que equivale a aproximadamente R$ 6,2 milhões).

Na verdade, o Maybach 57S Special nem chegou a ser utilizado por Gaddafi. O ex-ditador o adquiriu em 2010, mas o encaminhou para a Xenatec, uma transformadora especializada em modelos de luxo. Porém, como abandonou a liderança do país e foi morto em 2011, acabou não colocando as mãos no cupê.

As transformações feitas pela Xenatec demoraram devido à complexidade: lá, o veículo, que originalmente era um sedã, foi convertido em cupê. Além disso, ganhou um interior personalizado e ainda mais luxuoso. Segundo o anunciante, essas modificações teriam custado, à época, cerca de  € 1 milhão (R$ 6,4 milhões). As informações são do site Aquela Máquina.

Maybach raro, independentemente de Gaddafi

Como o processo de transformação do Maybach 57S em cupê é artesanal e complexo, só existem oito exemplares do tipo no mundo. Para completar, a morte de Gaddafi acabou deixando o veículo praticamente novo: ele rodou apenas 2.300 quilômetros.

Para completar, o Maybach de Gaddafi mantém o motor original, um 6.0 V12 biturbo de 612 cv. Essa verdadeira usina de força consegue dar ao cupê, que pesa nada menos que de 2,7 toneladas, desempenho comparável ao de um carro esportivo.

Independentemente do histórico de propriedade, parece ser uma oportunidade única de comprar um veículo exclusivíssimo e quase sem uso. Basta ter alguns milhões sobrando na conta…

DEIXE UMA RESPOSTA

*

code